segunda-feira, 8 de maio de 2017

POR AMOR (SINOPSE)


RETORNE AO MENU PRINCIPAL

RETORNE AO MENU PRINCIPAL

“O que você faria por amor?” Essa era a questão que norteava a novela. A história começa em Veneza, na Itália. Maria Eduarda (Gabriela Duarte) e sua mãe, Helena (Regina Duarte), viajam juntas por motivos opostos: a jovem despede-se da vida de solteira, e Helena procura esquecer o fim de um namoro. Lá, elas conhecem o brilhante arquiteto Atílio (Antonio Fagundes), também brasileiro. Charmoso, galanteador, inteligente e romântico, conquista Helena de imediato.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro, Marcelo (Fábio Assunção), filho predileto do casal Branca (Susana Vieira) e Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella), encanta as funcionárias da empresa onde trabalha e enlouquece a ex-namorada Laura (Vivianne Pasmanter), que o persegue obsessivamente. O rapaz desperta as maiores inseguranças em sua futura esposa, Maria Eduarda, por quem é verdadeiramente apaixonado. Ela é uma jovem ciumenta, mimada e frágil.

Eduarda não sabe lidar com as dificuldades da vida, rejeita o pai alcoólatra, Orestes (Paulo José), e nunca está plena em seu relacionamento.

De volta ao Rio, Atílio precisa terminar sua já falida relação com Isabel (Cassia Kis) e se livrar do assédio constante de Branca, com quem teve um namoro na juventude, que a deixou ligada a ele para sempre. Apaixonado, Atílio casa-se com Helena.

A partir daí, o destino de Helena, Atílio, Maria Eduarda e Marcelo se cruza para sempre. Mãe e filha engravidam na mesma época e vão para a maternidade juntas.  Eduarda perde o útero no parto e dá à luz um bebê doente, que morre logo em seguida. Helena, por sua vez, dá à luz uma criança saudável e fica sabendo da desgraça da filha. Em um momento de desespero, diante da fragilidade de Eduarda e penalizada com o fato da filha nunca mais poder engravidar, Helena implora para que César (Marcelo Serrado) – o médico amigo que as atendia, apaixonado por Eduarda desde criança, um rapaz doce e sensível – troque as crianças. César o faz, chocado com o trágico momento, por amor à Eduarda e em nome de tudo que Helena fizera por ele durante a vida.

Helena diz a todos, inclusive a Atílio, que seu bebê não resistiu. Eduarda, por sua vez, passa a cuidar do irmão como filho, dando-lhe o nome de Marcelo Junior e ignorando a verdade sobre seu parto. A partir daí, os dias são dramáticos para César, que vive um transtorno pessoal, tamanha sua culpa, e Helena, que se vê obrigada, inclusive, a amamentar a criança, já que Eduarda não tem leite suficiente.

Somente Helena e César guardam o segredo que, no final da novela, decide o destino dos dois casais para sempre.

HELENA VIANA (Regina Duarte)
Divorciada de Orestes (Paulo José) com quem teve uma única filha, Maria Eduarda (Gabriela Duarte). Com parte da herança que recebeu pela morte do pai, comprou um apartamento no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro, viajou, educou primorosamente a filha e investiu em um estúdio de decoração, em sociedade com uma amiga, Flávia (Maria Zilda Bethlem). É uma mulher independente, sensual, que aceita desafios e sabe enfrentar dificuldades. Mas sempre age mais com o coração do que com a razão. É inteligente e intuitiva. Em uma viagem que faz a Veneza, na companhia da filha, conhece Atílio (Antonio Fagundes), daí nascendo uma atração mútua que resulta no grande amor da história. Helena é irmã de Virgínia (Ângela Vieira) e Pedro (Otávio Augusto).

MARIA EDUARDA VIANA GRECO (Gabriela Duarte)
Filha de Helena (Regina Duarte) e Orestes (Paulo José). A jovem bonita e insegura luta, desde criança, contra uma saúde frágil, problemática. Fez faculdade, mas acabou largando o curso por influência do namorado, Marcelo (Fábio Assunção), com quem se casa no início da novela. Ela não tem nenhum contato com o pai, já tendo, uma vez, atravessado a rua, quando o viu aproximar-se. Na verdade, envergonha-se dele.

ATÍLIO NOVELLI (Antonio Fagundes)
Viúvo sem filhos, arquiteto de sucesso e charmoso. É considerado um artista pelos seus colegas de profissão. É um homem viajado, culto, inteligente e que gosta de boa mesa e bom vinho. Mora sozinho e, quando a novela começa, está no fim de um romance com Isabel (Cassia Kis), secretária executiva da empresa de engenharia e construções de Arnaldo Mota (Carlos Eduardo Dolabella), onde ele trabalha. Em uma viagem a Veneza, conhece Helena (Regina Duarte), por quem se apaixona.

MARCELO DE BARROS MOTA (Fábio Assunção)
Filho mais velho de Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella) e Branca (Susana Vieira), e irmão de Milena (Carolina Ferraz) e Leonardo (Murilo Benício). Engenheiro, como o pai, é também seu braço-direito na direção da empresa familiar. O jovem é bonito, impetuoso e um excelente profissional. Rompeu um namoro de dois anos com Laura (Vivianne Pasmanter) ao seu apaixonar por Maria Eduarda (Gabriela Duarte), com quem se casa no início da novela. Machista, como o pai, sonha com um filho homem a quem pretende dar o seu nome.

BRANCA LETÍCIA DE BARROS MOTA (Susana Vieira)
Mulher de Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella), com quem está casada há mais de 25 anos, e mãe de Marcelo (Fábio Assunção), Milena (Carolina Ferraz) e Leonardo (Murilo Benício). Vive um casamento estável, mas baseado em hipocrisia. É uma mulher divertida, viajada, amiga dos seus amigos, mas cruel com quem não gosta, como Helena (Regina Duarte) e Nando (Eduardo Moscovis), namorado de Milena. Branca tem uma origem humilde. Assedia constantemente Atílio (Antonio Fagundes), seu namorado na juventude. Com ele, teve Leonardo (Murilo Benício), mas criou o menino como filho de Arnaldo. Sempre achou que Marcelo é que fosse o filho de Atílio e, por isso, transformou-o em seu herdeiro predileto.

ARNALDO DE BARROS MOTA (Carlos Eduardo Dolabella)
Marido de Branca (Susana Viera) e pai de Marcelo (Fábio Assunção), Milena (Carolina Ferraz) e Leonardo (Murilo Benício). É muito rico, mas nada requintado. É filho único de um pai milionário, fazendeiro, tendo recebido dele uma bela herança. A partir de então, começou a construir seu império. É engenheiro formado, mas medíocre. Gosta da casa cheia de amigos, é bom de copo, mulherengo, preconceituoso e inescrupuloso nos negócios. No decorrer da novela, descobre que Leonardo (Murilo Benício) é filho de Branca com Atílio (Antonio Fagundes). Vive assediando Paula (Mônica Martelli), sua secretária.

LEONARDO DE BARROS MOTA (Murilo Benício)
Filho de Atílio (Antonio Fagundes) e Branca (Susana Vieira) e meio-irmão de Marcelo (Fábio Assunção) e Milena (Carolina Ferraz). Apesar disso, o rapaz foi criado como filho caçula de Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella). Branca diz claramente que não queria que ele nascesse, pois estava muito satisfeita com o casal de filhos que já tinha. Leonardo tem paixão por Laura (Vivianne Pasmanter), a ex-namorada do irmão. Ela, por sua vez, apenas o usa para se manter próxima de Marcelo. É um jovem inteligente e sincero.

MILENA DE BARROS MOTA (Carolina Ferraz)
Filha de Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella) e Branca (Susana Vieira), e irmã de Marcelo (Fábio Assunção) e Leonardo (Murilo Benício). Milena é uma jovem linda, charmosa e muito ciosa de sua liberdade. Tem um namoro tumultuado, permanentemente agonizante, com o médico Franco (Henri Pagnoncelli). Adora Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro, para onde vai sempre que pode, usando os serviços de uma companhia de táxi-aéreo. Em uma dessas viagens, conhece o piloto Fernando (Eduardo Moscovis), por quem se apaixona.

FERNANDO GONZAGA (Eduardo Moscovis)
Filho de Lídia (Regina Braga), fruto de seu primeiro casamento, enteado de Orestes (Paulo José) e meio-irmão de Sandrinha (Cecília Dassi). É discreto, calado e faz sucesso com as mulheres. É piloto de táxi-aéreo, mas tem outras aspirações profissionais. Em uma das viagens habituais que faz a Angra do Reis, no litoral do Rio de Janeiro, levando para lá membros da família Mota, conhece Milena (Carolina Ferraz), daí nascendo um grande e ardente amor.

ORESTES GRECO (Paulo José)
Ex-marido de Helena (Regina Duarte) e pai de Maria Eduarda (Gabriela Duarte). Após a separação, casa-se com Lídia (Regina Braga), com quem tem Sandrinha (Cecília Dassi). Percebe-se que foi um homem bonito, mas hoje está em visível decadência. Bebe muito, não para em emprego nenhum e é praticamente sustentado pela mulher. Sofre por ser rejeitado por Maria Eduarda.

LÍDIA GONZAGA (Regina Braga)
Viúva. Atual mulher de Orestes (Paulo José). É batalhadora, sofrida e que conquistou sua independência econômica com muito sacrifício. É dona de um salão de beleza, em Niterói, no Rio de Janeiro, onde também mora com a família. É decidida e objetiva, sempre procurando esconder sua sensibilidade e delicadeza. Acha que tem de ser muito forte para contrabalançar a fragilidade do marido. É mãe de Fernando (Eduardo Moscovis), fruto de seu primeiro casamento, e de Sandrinha (Cecília Dassi), filha de Orestes.

SANDRA GONZAGA GRECO (Cecília Dassi)
Filha de Orestes (Paulo José) e Lídia (Regina Braga), meia-irmã de Maria Eduarda (Gabriela Duarte) e afilhada de Helena (Regina Duarte), de quem recebe muitos presentes. Estuda em escola pública, é inteligente, viva e apaixonada pelo pai carente. Às vezes, revela certo amadurecimento incomum para a sua idade.

MARGARIDA SABOYA TRAJANO, MEG (Françoise Forton)
Faz parte da elite da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. É uma emergente, tendo enriquecido com muito trabalho. É uma mulher divertida, que sabe viver e que participa de campanhas sociais. É casada com Manoel (Ricardo Petráglia) e tem duas filhas, Laura (Vivianne Pasmanter) e Natália (Júlia Almeida).

MANOEL TRAJANO (Ricardo Petráglia)
Marido de Meg (Françoise Forton) e pai de Laura (Vivianne Pasmanter) e Natália (Júlia Almeida). É um trabalhador incansável e foi com muita luta que construiu sua fortuna. É proprietário de uma rede de supermercados. Costuma cochilar nas boates enquanto a mulher se diverte. Levanta-se às 6h e trabalha até as 22h. Mas não reclama.

LAURA SABOYA TRAJANO (Vivianne Pasmanter)
Filha de Meg (Françoise Forton) e Trajano (Ricardo Petráglia) e irmã de Natália (Júlia Almeida). É bonita e apaixonada por Marcelo (Fábio Assunção), de quem não desiste até o final da novela. Para tal, disputa o amor do rapaz com Maria Eduarda (Gabriela Duarte). Desinteressada pelos estudos, participa sem empenho dos negócios da família, gerando com isso alguns atritos.

NATÁLIA SABOYA TRAJANO (Júlia Almeida)
Filha caçula, adolescente, de Meg (Françoise Forton) e Trajano (Ricardo Petráglia) e irmã de Laura (Vivianne Pasmanter).
Estuda nos Estados Unidos e só vem ao Brasil nas férias e quando há um acontecimento familiar importante. Tem uma turminha no condomínio em que mora.

VIRGÍNIA VIANA FONTES (Ângela Vieira)
Irmã de Helena (Regina Duarte). É uma mulher charmosa e feliz no casamento. Com a parte que lhe coube na herança do pai, deu impulso à carreira do marido, Rafael (Odilon Wagner), na época recém-formado em Odontologia. Tem um casal de filhos, Rodrigo (Ângelo Paes Leme) e Juliana (Larissa Queiroz), e circula com desembaraço pelos lugares chiques do Rio de Janeiro. Acha que uma vida feliz começa com um bom e duradouro casamento.

RAFAEL FONTES (Odilon Wagner)
Marido de Virgínia (Ângela Vieira) e pai de Rodrigo (Ângelo Paes Leme) e Juliana (Larissa Queiroz). Rafael tem uma clínica de odontologia de grande sucesso. É um profissional brilhante, um homem requintado e discreto em sua vida privada. Ama a mulher e os filhos, mas não é dado a arroubos de espécie alguma.

ALEX (Beto Nasci)
Oceanógrafo, melhor amigo de Rafael (Odilon Wagner), que no decorrer da história é revalado um romance amoroso entre os dois. O caso causa a separação definitiva entra Rafael e Virgínia (Ângela Vieira).

RODRIGO VIANA FONTES (Ângelo Paes Leme)
Filho de Virgínia (Ângela Vieira) e Rafael (Odilon Wagner) e irmão de Juliana (Larissa Queiroz). Estudou Direito, mas desistiu da advocacia, interessando-se por cinema e publicidade. Mesmo sem precisar trabalhar para se sustentar, emprega-se em uma agência de publicidade, onde trabalha no departamento de criação. Nessa atividade, conhece Catarina (Carolina Dieckmann), por quem se apaixona. Acha o pai esnobe e um pouco distante; e a mãe, uma pessoa vazia. Entra em conflitos com os dois.

JULIANA VIANA FONTES (Larissa Queiroz)
Filha de Virgínia (Ângela Vieira) e Rafael (Odilon Wagner) e irmã de Rodrigo (Ângelo Paes Leme). Estudante e um pouco indiferente aos acontecimentos que se desenrolam ao seu redor.

PEDRO VIANA (Otávio Augusto)
Irmão de Helena (Regina Duarte) e Virgínia (Ângela Vieira). Mora no interior de São Paulo, só aparecendo no Rio de Janeiro em datas importantes, como casamentos, aniversários e funerais. Casou-se duas vezes e tem filhos adolescentes. Tipo bem interiorano, que acha o Rio um caos.

ISABEL LAFAYETTE (Cassia Kis)
Uma mulher bonita, cheia de iniciativa, e principal secretária executiva da empresa da família Mota. Tão dedicada ao trabalho, tão boa profissional, que o preconceituoso Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella) costuma dizer que ela é “eficiente como um homem”. Ama Atílio (Antonio Fagundes), mas ama mais do que tudo o seu trabalho. Por isso nunca quis ter filhos, que para ela só iriam atrapalhar seu desempenho profissional. Acaba perdendo Atílio para Helena (Regina Duarte).

CAMILA LAFAYETTE (Cláudia Paiva)
Irmã de Isabel (Cassia Kis). Camila é uma mulher bonita, interessante e comissária de bordo de uma empresa aérea internacional. Passa a maior parte do tempo viajando, mas, quando está no Brasil, fica um tempo em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde mora com a irmã.

FLÁVIA NOGUEIRA DANTAS (Maria Zilda Bethlem)
Decoradora e sócia de Helena (Regina Duarte) em um estúdio de decoração. É uma mulher muito charmosa, namoradeira, descolada, cheia de energia e que se interessa por Atílio (Antonio Fagundes) no mesmo momento em que Helena. Em determinada fase da história, chega a se envolver com ele, batendo de frente com a amiga e sócia.

FRANCO TORELLI (Henri Pagnoncelli)
Médico quarentão, um italiano naturalizado brasileiro. É ciumento, mas procura conter-se. Muitas vezes, no entanto, perde a paciência com Milena (Carolina Ferraz), com quem mantém um namoro que não ata e nem desata.

CÉSAR ANDRADE (Marcelo Serrado)
Médico jovem, exemplo de bom moço. É filho de Antenor (Umberto Magnani) e Mafalda (Beatriz Lyra). É correto como a mãe e discreto. Tem uma paixão recolhida por Maria Eduarda (Gabriela Duarte), com quem conviveu durante sua adolescência. Também se considera devedor eterno de Helena (Regina Duarte), sua madrinha, pois foi ela quem custeou grande parte dos seus estudos, compra de livros e uma viagem ao exterior. Mantém um namoro frio com Anita (Flávia Bonato).

ANTENOR ANDRADE (Umberto Magnani)
Tudo que possui, inclusive a casa em que mora, deve ao pai de Helena (Regina Duarte), já falecido, que o ajudou a transferir-se do interior de São Paulo para o Rio de Janeiro, há mais de 40 anos. Por essa razão, sempre teve uma gratidão absoluta à família de Helena e a ela própria. Antenor é marido de Mafalda (Beatriz Lyra) e pai de César (Marcelo Serrado).

MAFALDA ANDRADE (Beatriz Lyra)
Esposa de Antenor (Umberto Magnani) e mãe de César (Marcelo Serrado), por quem tem completa paixão. Ela vive no Rio de Janeiro como se ainda estivesse no interior de São Paulo. Sempre de bem com a natureza, é uma mulher correta, como o marido, não admitindo deslizes de caráter de quem quer que seja.

ANITA DUARTE (Flávia Bonato)
Estudante do último ano de Medicina e namorada de César (Marcelo Serrado). No entanto, a admiração que ele nutre por Maria Eduarda (Gabriela Duarte) a deixa muitas vezes amarga e irônica. Não alimenta esperanças com relação a esse namoro.

SIRLÉIA BATALHA PEREIRA (Vera Holtz) – Segunda colocada em um concurso de miss, da década de 1960, no interior de São Paulo, mais precisamente na cidade de Tatuí. Casou-se aos 30 anos com um homem mais novo, Nestor (Marco Ricca), e com ele tem uma filha, Catarina (Carolina Dieckmann), para quem deseja um futuro melhor do que o seu. Vive em crise: é insegura no casamento e aterrorizada com a ideia da velhice. Tem uma sinceridade e uma pureza comoventes e é incapaz de esconder seus sentimentos.

NESTOR PEREIRA (Marco Ricca)
Marido de Sirléia (Vera Holtz), pai de Catarina (Carolina Dieckmann) e funcionário público graduado. Um homem de bem com a vida e que adora futebol, samba e cerveja. É um pai prepotente, que sofre de ciúmes e desconfiança da filha. Não se preocupa muito com a esposa. Tem uma linda secretária, a quem faz a corte.

CATARINA BATALHA PEREIRA (Carolina Dieckmann)
Namoradeira, estudante medíocre e a mais encantadora das garotas da vizinhança. Sofre com a perseguição paterna, de Nestor (Marco Ricca), mas tem o apoio da mãe, Sirléia (Vera Holtz), e da avó, Leonor (Eloísa Mafalda). Seu sonho é ser modelo fotográfico, atriz de novela e de cinema. Consegue seus objetivos com a ajuda de Rodrigo (Ângelo Paes Leme). Tem um namorado, Marcinho (Pablo Padilha).

LEONOR BATALHA (Eloísa Mafalda)
Mãe de Sirléia (Vera Holtz), avó de Catarina (Carolina Dieckmann) e sogra de Nestor (Marco Ricca). Às vezes engraçada, às vezes ranzinza. Capaz de dizer qualquer coisa na cara das pessoas, em nome da sinceridade e da franqueza. Mora até hoje em Tatuí, interior de São Paulo. Vem ao Rio de Janeiro, periodicamente, quando se hospeda na casa da filha.

MÁRCIO FERRAZ (Pablo Padilla)
Jovem morador do Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e namorado ciumento de Catarina (Carolina Dieckmann). Dirige o carro do pai e tem verdadeiro pavor de Nestor (Marco Ricca), pai da namorada. É um bom rapaz e disputa o amor da jovem com Rodrigo (Ângelo Paes Leme).

TEREZA (Ingrid Guimarães)
Empregada de Sirléia (Vera Holtz) e namorada de um soldado do exército. É muito jovem e parceira de Catarina (Carolina Dieckmann) em suas aventuras juvenis.

WILSON DE SOUZA GRANT (Paulo César Grande)
Filho de mãe brasileira e pai sueco. É proprietário de um restaurante na Vila Santa Rita de Cássia, onde fica o estúdio de decoração de Helena (Regina Duarte). Vive com Márcia (Maria Ceiça), uma artista plástica negra. É preconceituoso e violento.

MÁRCIA MARIA DE JESUS (Maria Ceiça)
Artista plástica, negra, bonita e lutadora. Ama Wilson (Paulo César Grande), mas questiona permanentemente seu preconceito e sua violência. Quando começa a novela, ela está grávida e vai ter uma filha, contra a vontade do seu companheiro. É filha de Maria (Maria Alves) e Jorge (Jorge Coutinho).

MAGNÓLIA ROSA DE LIMA (Elizangela)
Casa-se com Oscar (Tonico Pereira), um aposentado permanentemente cansado. Infiel, não carrega nenhuma culpa por trair o marido com o jardineiro Genésio (Ricardo Macchi), a quem trata como amante e filho.

OSCAR LIMA (Tonico Pereira)
Marido de Magnólia (Elizangela). Mesmo com todas as evidências, ele põe a mão no fogo pela mulher. Ele a ama, mas sabe que não pode contê-la em seus arroubos.

GENÉSIO LABATE (Ricardo Macchi)
O jardineiro galã. Um rapagão de físico avantajado, viril e bronco. Passa o dia inteiro de peito nu, tratando do jardim da Vila Santa Rita de Cássia. Fora esse trabalho, que faz com dedicação, gosta mesmo é de um bom prato de comida e de mulheres. Envolve-se com Magnólia (Elizangela), mulher de Oscar (Tonico Pereira), em um romance tumultuado e muitas vezes cômico.

MARIA DE JESUS (Maria Alves)
Esposa de Jorge (Jorge Coutinho) e mãe de Márcia (Maria Ceiça). Maria é uma mulher forte, objetiva e que sabe o que quer e o que é bom para os seus. Ama a filha e nunca aprovou a relação dela com Wilson (Paulo César Grande), principalmente por ser ele um homem violento e intolerante.

JORGE DE JESUS (Jorge Coutinho)
Marido de Maria (Maria Alves) e pai de Márcia (Maria Ceiça). Ao contrário da mulher, é pacato, tolerante, avesso a brigas. Embora também ame a filha, acha que ela deve levar a vida que escolheu, sem interferências.

ZITO (Guilherme Corrêa)
Apontador do jogo do bicho, com ponto na Vila Santa Rita de Cássia. Amigão de todo mundo, popular em toda a região.

ELIZA MEIRELES, LIZA (Cláudia Mauro)
Jovem bonita e babá de profissão. Trabalha para uma família no mesmo edifício em que moram Isabel (Cassia Kis) e Camila (Cláudia Paiva). Frequenta o apartamento das irmãs, sempre levando o bebê de quem está cuidando. No decorrer da novela, torna-se babá do filho de Maria Eduarda (Gabriela Duarte) e Marcelo (Fábio Assunção).

ANTONIETA AZEVEDO (Marly Bueno)
Governanta, morou muito tempo nos Estados Unidos, trabalhando para a família de um diplomata brasileiro, sediado em Nova York. Em determinado momento da história, passa a trabalhar para Maria Eduarda (Gabriela Duarte) e Marcelo (Fábio Assunção), administrando a casa deles.

TADINHA (Rosane Gofman)
Empregada fiel de Helena (Regina Duarte), desde que a patroa se divorciou de Orestes (Paulo José) e ficou morando só com a filha Maria Eduarda (Gabriela Duarte). Seu apelido deriva de um hábito que tem de se referir às pessoas e a si mesma como “coitadinha”, pronunciando “tadinha”.

ZILÁ (Stella Maria Rodrigues)
Empregada de Branca (Susana Viera). É bonita, simpática e participa de todos os problemas da família.

ELVIRA (Edir de Castro)
Empregada na casa de Meg (Françoise Forton), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Está há muito tempo na casa e goza de regalias. Trata com intimidade Laura (Vivianne Pasmanter) e Natália (Júlia Almeida), as filhas da patroa.

PATINHO (Eduardo Martini)
Apelido de Eliseu, copeiro de um salão de beleza frequentado por Branca (Susana Vieira), que o convida para trabalhar em sua casa. Gay assumido, diverte-se muito com o preconceito de Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella), que diz claramente não gostar de homossexuais.

NARCISO (Chaguinha)
Marido de Santa (Lucy Mafra) e zelador do edifício onde moram Helena (Regina Duarte) e Sirléia (Vera Holtz).

SANTA (Lucy Mafra)
Mulher do zelador Narciso (Chaguinha).

ROMEU (Charles Myara)
Motorista de Branca (Susana Viera).

SAUDADE (Lucy Freitas)
Empregada na casa de Virgínia (Ângela Vieira).

PAULA (Mônica Martelli)
Principal secretária das empresas de Arnaldo Mota (Carlos Eduardo Dolabella). É a que responde pela diretoria, trabalhando diretamente com Arnaldo. É bonita, e o patrão lhe faz a corte.

ANINHA (Anna Bárbara Xavier)
Secretária e ‘faz tudo” do estúdio de decoração de Helena (Regina Duarte) e Flávia (Maria Zilda Bethlem). É jovem, bonita, estuda Arquitetura e sonha ser sócia das duas amigas.

MARLY (Patrícia Salgado)
Secretária do consultório do pediatra Jayme (Paulo Figueiredo).

IVETE (Lina Fróes)
Secretária do consultório dividido por Juvenal Moretti (Castro Gonzaga) e César (Marcelo Serrado).

RENATA (Carta Tausz)
Secretária de Rafael (Odilon Wagner) na clínica odontológica.

DENISE (Juliana Aguiar)
Jovem manicure do salão de Lídia (Regina Braga), em Niterói. É íntima da família, tratada como uma filha.

MARISA (Beth Lamas)
Cabeleireira do salão de Lídia (Regina Braga). Como Denise (Juliana Aguiar), priva da intimidade da família.

FONSECA (Edson Silva)
Simpático barbeiro do salão de Lídia (Regina Braga), em Niterói. Homem bom, cheio de afilhados e conselheiro de Lídia em muitas ocasiões.

FILOMENA NOVELLI (Norma Geraldy)
Veneranda mãe de Atílio (Antonio Fagundes). Uma mulher graciosa, espirituosa, que ama e critica o filho com a mesma intensidade.

FAUSTO (José Carlos Sanches)
Gerente do heliporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde trabalha Fernando (Eduardo Moscovis).

WALTER (Paulo Carvalho)
Piloto e colega de Fernando (Eduardo Moscovis).

DR. JAYME SCLIAR (Paulo Figueiredo)
Pediatra dos sonhos de todas as mães. É atencioso, cordial e um excelente profissional. Foi ele o pediatra de Eduarda (Gabriela Duarte), é amigo de Helena (Regina Duarte) e foi amigo de Orestes (Paulo José), a quem perdeu de vista.

DR. JUVENAL MORETTI (Castro Gonzaga)
Médico obstetra. Foi ele quem colocou Eduarda (Gabriela Duarte) no mundo. Como dr. Jayme (Paulo Figueiredo), é também grande amigo de Helena (Regina Duarte). Por indicação dela, inclusive, emprega o jovem médico César (Marcelo Serrado), transformando-o em seu assistente e dividindo com ele o consultório.


POR AMOR (RESUMO DOS CAPÍTULOS) Parte 1

AGORA VEJA POR AMOR (RESUMO DOS CAPÍTULOS) Parte 1

RETORNE AO MENU PRINCIPAL
RETORNE AO MENU PRINCIPAL

Nenhum comentário :