quinta-feira, 21 de julho de 2016

Edmara Barbosa vai adaptar "O Arroz de Palma", romance de Francisco Azevedo

A Globo convocou Edmara Barbosa para adaptar "O Arroz de Palma", romance de Francisco Azevedo.

Será uma novela das seis, de época até chegar aos dias atuais e que, provavelmente, terá outro título.

"O Arroz de Palma" fala da saga de uma humilde família portuguesa que chegou ao Brasil cheia de sonhos e projetos e que, transplantada neste solo, com muita luta e espírito de superação, aprofundou raízes, cresceu e deu frutos.

Em 2008, quando Antonio, o narrador, já está com 88 anos e prepara um grande almoço para comemorar os cem anos do casamento de seus pais. Os irmãos, já octogenários como ele, e todos os seus descendentes comparecem à celebração. O enredo ocorre ao personagem em forma de lembranças isoladas. O arroz que, em clima de realismo fantástico, serve de fio condutor, é bastante simbólico. A trama tem início no dia 11 de julho de 1908, em Viana do Castelo, Norte de Portugal, no casamento de José Custódio e Maria Romana. Terminada a cerimônia, o arroz que desaba sobre os noivos é torrencial, chuva branca que não para. O cortejo segue em festa pelo vilarejo, mas a romântica Palma permanece ali, feliz com todo aquele arroz espalhado pelo adro da igreja. Muito pobre, decide com entusiasmo que aquele é o seu presente de casamento para o irmão e a cunhada. No cartão, escreve:

“Este arroz – plantado na terra, caído do céu como o maná do deserto e colhido da pedra – é símbolo de fertilidade e eterno amor. Esta é a minha benção. Palma”

Infelizmente, o arroz, dado com tanto amor, resulta na primeira briga do casal. A partir daí, por quatro gerações, todas as disputas, os conflitos, os dramas e as alegrias da família giram em torno do arroz.

Edmara Barbosa foi uma das colaboradoras de "Velho Chico", novela de Benedito Ruy Barbosa, seu pai. Ela irá viajar a Portugal para concluir os trabalhos de pesquisa de sua nova novela.

Um comentário :

Jackson José disse...

Parabéns, mais uma obra da literatura a ser adaptada no horário das seis e nos será um deleite como outras tramas de época e espero que dessa vez, a plim,plim ouse mais em lançar um rosto novo ou mesmo por uma de suas beldades que nunca fizeram uma protagonista né ;), poxa tanta artista bons na casa e sempre os mesmo na telinha.