terça-feira, 8 de junho de 2010

MALHAÇÃO 15 ANOS (VAMOS RECORDAR)



Em 24 de abril de 1995, estreava a novela/série “Malhação”, inovando no formato e trazendo histórias especificas para o publico adolescente. A série originou de uma ideia de Andréa Maltarolli, que se inspirava no livro “Confissões de Adolescente”, de Maria Mariana. Esta última, por sua vez, trabalhou ao lado de Andréa escrevendo a temporada de 1998 e a temporada de 1999. O autor Emanuel Jacobina também foi grande parceiro de Andréa Maltarolli. Desde sua estréia até os tempos atuais, a novelinha teen vem se renovando a cada época, sem deixar de atingir seu publico alvo, que são os jovens. Nesses 15 anos, “Malhação” também adquiriu o titulo e missão de contratar jovens atores iniciantes os transformando em grandes nomes da atualidade, servindo de escada para outros trabalhos na TV. A série virou fenômeno entre os jovens desde o primeiro momento, se ajustando a época atual, sempre com temas que se identificam com os adolescentes.


A série estreava contando a historia de Héricles(Dantom Melo), um rapaz do interior, que chegava no Rio de Janeiro e conseguia um emprego na academia “Malhação”, para poder pagar seus estudos. Héricles se apaixonava por Bella(Juliana Martins) e a disputava com o encrenqueiro Romão(Luigi Baricelli). A partir de então, desenrolava-se o enredo da novela, com histórias jovens e o culto ao físico perfeito, já que a trama se passava numa academia de ginástica, tendo a academia, como único cenário para as cenas. Logo em sua primeira fase, Malhação criou um novo modismo, relacionado a perfeição do corpo, levando muitos jovens a se exercitar nas academias de seus bairros. Milhares de academia também foram inauguradas pelo Brasil a fora, a partir da estréia de Malhação em 1995. Com uma trilha sonora jovem, Malandragem- Cássia Eller foi tema de Luiza(Fernanda Rodrigues), musica que marcou época, através da primeira temporada da novelinha teen.

Malhação estreou antes da conclusão do Projac. Por isso, a academia foi construída nos estúdios da Cinédia, em Jacarepaguá, ocupando uma área de 1.560 metros quadrados. A academia ainda contava com vaga para estacionamento, piscina, bar, vestiário, terraço, área principal, recepção e outros cômodos, todos interligados.


Em sua primeira fase, a série começava contando uma nova historia centrada em algum tema polemico da atualidade, sempre nas segundas-feiras concluindo numa sexta-feira da mesma semana. O elenco principal se mantinha o mesmo, porém repleto de participações especiais, com personagens referentes a historia daquela semana. A trama sempre dava continuidade para a historia seguinte, da próxima semana. Este formato durou até a temporada de 1997. Ainda em 1997, Malhação sofreu uma reformulação, começando a contar uma historia em cada fase e sempre de acordo com a mudança de elenco e dos protagonistas; além de contar com cenas externas, fato que só acontecia através dos cenários. Mesmo assim a série nunca deixou de conquistar o publico adolescente com historias do gênero. Nesta época, Pedro Vasconcelos, aparecia para viver o personagem Vudu, numa espécie de novo protagonista da série. Hoje em dia, o ator é um dos diretores assistentes de Malhação.



Na temporada de 1998, Malhação sofreu outra grande transformação em seu formato, deixando a academia de lado, para falar de outros esportes, em especial, as corridas de automóveis. Como protagonistas, a novela trouxe os atores Rodrigo Faro(Bruno) e Cássia Linhares(Alice), formando uma dupla romântica.

Em outubro de 1998, Malhação estreava um novo formato com o nome de “Malhação.com”. O programa se passava ao vivo e com a participação dos internautas. Foi criado uma homepage para estimular a interatividade com o telespectador. Alguns personagens de outras fases da novela, também fizeram uma participação especial, para relembrar momentos vividos e relacionados com o tema do programa, junto com Mocotó(André Marques), no quarto da personagem. Esta fase não teve sucesso, assim como a anterior.



A partir de 1999, a novela trazia mais um novo formato, um dos melhores da sequência, idealizado pelo diretor Ricardo Waddington que assumia o comando da série. A trama se passava no colégio Múltipla Escolha e, além das cenas externas, também começava a mostrar as famílias dos alunos e outras personagens.


Dramas e enfoques sócias, também contribuíram com o sucesso de “Malhação Múltipla Escolha”. Entre eles: AIDS, mostrada através da personagem Érica(Samara Felippo) e discriminação racial, através das personagens Helô(Fernanda Souza), uma menina de pele branca e de ótimas condições financeiras que se apaixona por Sávio(Robson Nuns), um rapaz de pele negra e filho do inspetor da escola.



Em 2001, Malhação estava no auge do sucesso. Sempre alcançando altos índices no Ibope e passando as novelas das seis e das sete para trás. Lucélia Santos voltava a atuar na Globo, através de Malhação e depois de 15 anos fora da emissora. Assuntos polêmicos e mais fortes foram discutidos nesta fase, entre eles: homossexualidade, aborto, câncer de mama, adoção, entre outros. Até a proliferação do Dengue, foi assunto para esta nova temporada. A atriz Fernanda Souza decidiu fazer uma plástica no nariz e o tema foi abordado através de sua personagem Helô.



Em 2002, era a estréia de Cauã Reymond na TV, através de “Malhação” com a personagem Maumau.


Cabeção(Sérgio Hondjakoff) e Maumau eram amigos inseparáveis e cômicos e nesta fase eles compraram um Chevrollet Chevette bem velho, onde reformaram e deram o nome de “Ogromóvel”, que ficara famoso na novelinha teen.


A atriz Juliana Silveira também fazia sua estréia dramatúrgica na TV, na pele de Júlia, que era apaixonada por Pedro(Henri Castelli) e que tinha a invejosa Thaísa(Bárbara Borges) em seu caminho. Kadu Moliterno e André Di Biase, voltavam a contracenar juntos, desde a famosa série dos anos 80, “Armação Ilimitada”.



Nesta fase de 2003, protagonizada por Sérgio Marone e Manuela Do Monte, ambos os protagonistas não foram aproveitados na fase seguinte. Maitê Proença, fazia a personagem Daniela Amorim, que era professora de matemática e diretora do Múltipla Escolha. A atriz teve que sair de Malhação, porque iria começar a gravar a novela “Da Cor Do Pecado”. Depois da saída de Maitê, o ator Nuno Leal Maia, voltava a viver a personagem Pascoalete, professor e diretor do colégio. Assim como Maitê Proença, Cauã Reymond também saia de Malhação para participar de “Da Cor Do Pecado”, que foi sua primeira novela e dando inicio a uma carreira promissora e de sucesso.



Ao contrario de outras temporadas que começavam em Abril, junto com a nova programação da Globo. Malhação 2004, iniciava em pleno janeiro, crescendo ainda mais sua audiência e trazendo grandes novidades, como o bar Giga Byte, que depois da saída de Beto(Sérgio Abreu) e Solene(Renata Dominguez) passava a se chamar Vilma’s Café, ficando na posse de dona Vilma(Bia Montez). Nesta temporada o publico jovem também começava a se apaixonar pela “Vagabanda”, um grupo pop rock iniciante e composto por Natasha(Majorie Estiano) e sua turma. Por causa da “Vagabanda” a novelinha teen se tornava mais musical, repleta de shows da banda de Natasha. Já o Colégio Múltipla Escolha ganha novos ambientes, como uma nova cantina, um deck, uma biblioteca e uma quadra poliesportiva.



Em 2005, a temporada de Malhação trouxe assuntos polemicos como gravidez na adolescencia, amor na terceira idade e culto exagerado ao corpo. O programa completava dez anos no ar, comemorando o sucesso através de uma formula que conquistou o telespectador. Nesta fase, os protagonistas foram Fernanda Vasconcelos(Betina) e Thiago Rodrigues(Bernardo). Por causa do excelente desemprenho em Malhação, logo no ano seguinte, Fernanda Vasconcelos e Thiago Rodrigues estreavam em novelas, fazendo outro casal romantico em “Páginas da Vida” de Manoel Carlos.



Na temporada de 2006, com 70% do elenco renovado, Malhação discutiu temas como familia moderna e os laços familiares, tendo como protagonistas os aotores Bernardo Melo Barreto(Cauã) e Luiza Valderato(Manuela). A vilã ficou por conta de Monique Alfradique(Priscila), que já fazia uma segunda participação em Malhação. Nesta fase, a novelinha teen ganhava mais um novo logotipo, uma nova abertura e uma nova musica para a abertura que foi “Lutar Pelo Que é Meu- Charlie Brown Jr.



Chegamos a temporada de 2007, trazendo novatos como Fiorella Mattheis, Thayla Ayla e Rômulo Arantes Neto. Nesta fase, ainda conservava o colegio Múltipla Escolha, porém com enfoque mais reduzido e começando a apresentar alguns desgaste atraves da pouco audiencia.


Atores como Fernanda de Freitas e Ricardo Tozzi foram convados para melhorar a audiencia, mas de nada adiantou.



Malhação 2008 estreava com novo elenco, novas historias e uma nova abertura e logotipo, com a missão de melhorar a audiencia. Baseado no filme infanto-juvenil High Scholl Musical, o programa ganhava mais dinamismo e a participação do elenco em clipes musicais entre as cenas, além de um formato mais proximo de uma novela. Mesmo com todas essas mudanças, a idéia não foi bem recebida pelo telespectador e não durou muito tempo.


A atriz Nathalia Dill se destacou muito com sua vilã Débora e Mariana Rios com sua Vilã Yasmim, que tornou-se popular e comica atraves dos bordões “Jesus apaga a luz”, “Passa na praça” e “fubazada” quando se referia aos pobres. Além da nova abertura, esta temporada também trouxe um novo tema para a abertura, se tratava da musica “Paraiso Proibido” com o grupo Strike, que no capitulo de 04/08/2008 foi substituida pela musica “Daqui Pra Frente” do NX Zero. No dia 5 de maio de 2008, com o afastamento de Jaqueline Vargas, uma das autoras da temporada, e com a mudança na direção (saíram Ricardo Waddington e Leonardo Nogueira e entraram Marcos Paulo Simões e Paola Pol Balloussier), a história da temporada ganhou um novo rumo, com temas mais juvenis que agradaram o público.



Nova temporada e novo formato em Malhação 2009. A música ganhava destaque, com os dez primeiros capítulos girando em torno do Festival de musica “Beach Stage Festival”, gravado na praia de Canoa Quebrada, no Ceará. Personagens antigos, se misturavam a novos personagens e depois todos voltavam a gravar no cenário do “Múltipla Escolha” dessa vez, comprado por Olga(Rosaly Papadopol). Através da internet, a autora Patrícia Moretzsohn e o diretor Marcos Paulo, aproximou o publico ainda mais das personagens.

Em janeiro de 2009 estreou uma nova temporada, com novos cenários, novas tramas paralelas e nova abertura. A autora Patrícia Moretzsohn, em entrevista, disse ter se tornado mais experiente, e procuraria cometer menos erros. Em abril de 2009, com a saída de Maria Mariana e Glória Barreto da equipe de roteiristas (Maria Mariana foi convidada pela Rede Record para trabalhar na sinopse de Promessas de Amor, enquanto Glória Barreto foi convocada pela Rede Globo a auxiliar Glória Perez na novela Caminho das Índias). Por esse motivo, a temporada teve seu fim antecipado: terminaria em 15 de janeiro de 2010, mas terminou em 6 de novembro de 2009.



Nesta atual temporada, Ricardo Hofstetter, criador da temporada de 2004, foi convocado com a missão de alavancar a audiência que estava balançada desde a temporada de 2007. Nasceu então “Malhação ID”, com intenção de mostrar os adolescentes na descoberta de suas verdadeiras identidades como: quem são, quem pretende ser, se querem ter filhos e construir família, entre outras perspectivas e duvidas em relação ao futuro.


Malhação ID, também traz uma referencia a década de 1980, com modismos e algumas musicas da época passada, que foram regravadas por interpretes da atualidade. Mais uma nova abertura foi feita, trazendo uma nova canção: “Quem Sou Eu” do Hori. A grande novidade desta temporada atual, é a participação de Filipe Galvão(Fiuk), que está protagonizando a novelinha teen e na vida real é filho de Fábio Jr.

Em Julho de 2010 estreará uma nova temporada prevista para substituir a atual Malhação ID. Emanuel Jacobina será o autor principal e Ricardo Waddington voltará como diretor de núcleo. O colégio será outro: uma espécie de filial do Primeira Opção. Os novos personagens serão um DJ, um aspirante a jogador de futebol, uma menina que sonha em ser modelo e alguém que é uma personalidade que bomba na internet. Além desses novos personagens, o esporte que será praticado na Malhação 2010 será o taekwondo.

Durante os 15 anos, Malhação ainda se recicla no formato, sempre tentando agradar seu publico alvo, que são os adolescentes e sempre trazendo temas polêmicos e de interesse dos jovens e de seus pais e professores. A novelinha série, também cria modismos e tem fator importante na formação e profissionalismo de atores iniciantes da vida real. Quem pensa que está perto do fim, se engana, pois o programa, mesmo passando por uma fase critica, ainda tem projetos para uma nova reciclagem, trazendo grandes novidades com o objetivo de voltar a ter a audiência de alguns anos atrás. Não duvidem se voltarmos a falar de Malhação, num especial 20 anos.

AS ABERTURAS E SUAS MUSICAS


Desde sua estréia em abril de 1995 até a temporada de 1998, Malhação manteve o mesmo logotipo, alterando apenas sua abertura. Ouve uma mudança de logotipo acompanhado de outra nova abertura a partir da temporada de 1998, porém mantendo a mesma múscia: “Assim Caminha a Humanidade” de Lulu Santos.
A primeira mudança na musica de abertura, veio junto com uma nova fase, em 1999. Saía “Assim caminha a humanidade” para dar lugar a mais uma nova abertura e nova musica: “Te Levar- Charlie Brown Jr.
Em 2006, nova abertura com uma nova musica do Charlie Brown Jr, “Lutar Pelo Que é Meu”.
Além da abertura nova, a temporada de 2008 também trouxe um novo tema para a abertura, se tratava da musica “Paraiso Proibido” com o grupo Strike, que no capitulo de 04/08/2008 foi substituida pela musica “Daqui Pra Frente” do NX Zero.
Em 2009, era a vez do NX Zero com participação de Túlio Dek, cantar um novo tema de abertura: “Bem ou Mal”.
Na atual temporada, mais uma nova abertura foi feita, trazendo uma nova canção: “Quem Sou Eu” do Hori.
Ao longo dos anos, Malhação contabilizou um total de 14 aberturas.


TRILHAS SONORAS


Somam-se um total de 26 trilhas sonoras, ao longo desses 15 anos. Malhação também colocou cantores consagrados para compor os temas musicais de suas personagens, como Caetano Veloso que trazia a musica “Pecado” tema de Paula(Silvia Pfeifer), logo na primeira fase da novelinha teen. Outros cantores e bandas iniciantes, também ganham destaque nas trilhas sonoras de Malhação, muitos deles se tornando sucesso absoluto através dos jovens de todo Brasil. As trilhas sonoras sempre foram compostas por diversos estilos musicais, acompanhando ritmos que tornaram-se febre em sua época, como Aché music, pop rock, dance music entre outros.




JOVENS CASAIS ROMANTICOS DE SUCESSO


Malhação também é romance, amor e muita paixão. Seja adolescente ou madura, embora priorizando as historias de relacionamentos adolescentes, seus desencontros, o primeiro amor, enfim, tudo relacionado ao amor. Vamos recordar alguns desses casais adolescentes, que tanto cativou o telespectador.


Dantom Melo(Héricles) e Juliana Martins(Bella) nas primeiras fases
Claudio Heirinch(Dado) e Fernanda Rodrigues(Luiza) nas primeiras fases
Rodrigo Faro(Bruno) e Cássia Linhares(Alice) em 1998
Mário Frias(Rodrigo) e Piscila Fantin(Tatiana) em 1999
Fábio Azevedo(Marcelo) e Ludmila Dayer(Joana) em 2000
Iran Malfitano(Gui) e Rafaela Mandelli(Nanda) em 2001
Henri Catelli(Pedro) e Juliana Silveira(Júlia) em 2002
Sérgio Marone(Victor) e Manuela Do Monte(Luísa) em 2003
Guilherme Berenguer(Gustavo) e Juliana Didone(Letícia) em 2004
Thiago Rodrigues(Bernardo) e Fernanda Vasconcellos(Betina) em 2005
Bernardo Melo Barreto(Cauã) e Luiza Valdetaro(Manuela) em 2006
Raphael Almeida(Guga) e Sophie Charlotte(Angelina) em 2008
Micael Borges(Luciano) e Bianca Bin(Marina)em 2009
Fiuk(Bernardo) e Cristiane Peres(Cristiana) na atual temporada


AS VILÃS


Malhação sempre contou com terríveis vilãs, que em sua maioria absoluta, tinha como objetivo, uma paranóia muito em comum: acabar a relação de seus amados com outras garotas, precisamente, as mocinhas da trama.

Em 1995, Carolina Dieckman viveu a primeira vilã adolescente da novela. Sua personagem se chamava July e era uma patricinha mimada.
Bianca Castanho(Valéria)infernizava a vida de sua paixão Gui(Iran Malfitano) e sua rival Nanda(Rafaela Mandelli), na temporada de 2001.
Bárbara Borges foi a terrível Thaíssa, na temporada de 2002. Sempre a fim de acabar a relação amorosa de Pedro(Henrri Castelli) e Júlia(Juliana Silveira).
Nathália Rodrigues foi Carla que disputava o amor de Victor(Sérgio Marone) com Luísa(Manuela Do Monte) na temporada de 2003.
Marjorie Estiano(Natasha) era uma vilã adolescente, inescrupulosa e cantora na temporada de 2004.
Joana Balaguer foi a vilã Jacqueline na temporada de 2005.
Monique Alfredique viveu a encrenqueira Priscila na temporada de 2006.
Fiorella Mattheis foi a oportunista e maquiavélica Vívian na temporada de 2007.
Natália Dill viveu brilhantemente a vilã Débora na temporada de 2008. Personagem que garantiu o papel de protagonista na novela “Paraíso” de Benedito Ruy Barbosa.
Amanda Richter viveu a vilã Veridiana, na temporada de 2009.


OS PERSONAGENS CÔMICOS

Personagens cômicos não pode faltar em Malhação. Durantes esses 15 anos no ar, já passaram dezenas deles, mais vou citar os que marcaram mais, virando referencia quando o assunto é a novelinha teen.

Mocotó (André Marques)
Vudu (Pedro Vasconcelos)
Cabeção (Sérgio Hondjakoff)
dona Vilma (Bia Montes)
Caju (Rael Barja)
Domingas (Caroline Figueiredo)
Peralta (Jonatas Faro)
Yasmim (Mariana Rios)


ATORES QUE FICARAM MUITO TEMPO COM OS MESMOS PERSONAGENS


Bia Montez (Dona Vilma de 2001 a 2007)
Sérgio Hondjakoff (Cabeção de 2000 a 2005)
André Marques (Mocotó de 1995 a 1999)
Gisele Frade (Drica)
Daniele Suzuki (Miyuki de 2003 a 2005)
Ícaro Silva (Rafa de 2004 a 2007)
Nuno Leal Maia (Pascoalete de 1999 a 2000, depois de 2003 a 2004 e por ultimo em 2006)
Alexandre Slavieiro (Kiko de 2003 a 2006)


ATORES QUE FIZERAM MAIS DE UMA PARTICIPAÇÃO EM DIFERENTES TEMPORADAS
Samara Felippo (Sabrina em 1998 e Érica de 1999 a 2001)
Mario Frias (Escova em 1998 e Rodrigo de 1999 a 2001)
Carolina Abranches (Chris em 1996 e Marilu em 2000)
Thais Fersoza (Ângela em 1997 e Carla em 1998)
Helder Agostini (Fernandinho/FM entre 1999 a 2001 e Marcelo em 2009)
Totia Meirelles (Dulce em 1998 e Sandra em 2003)
Monique Alfradique (Natália em 2003 e Priscila em 2006)
Marjorie Estiano (Fabiana em 2003 e Natasha de 2004 a 2005)
Íris Bustamante (Fernanda em 1995 e Sabrina de 2004 a 2005)
Humberto Carrão (Diogo em 2004 e Caio em 2009)
John Hebert (Nabuco em 1995 e Horácio em 2005)
Sidney Sampaio (Daniel de 2002 a 2003 e Tony em 2008)
Bianca Biyngton (Dóris em 1996 e Tatá em 2007)
Fred Mayrink (Farinha em 1995 e 1996 e Guel em 1998)
Licurgo Spínola (Vítor de 1999 a 2000, Deodato em 2006 e Félix Rios em 2008)
Carla Regina (Jane em 1995 e Ana Paula em 2002)
Graziella Schmitt (Vivi de 1994 a 1995 e Letícia desde 1999)
Nuno Leal Maia (Fábio Gonzales em 1995 e Pacoalete em outras temporadas)


ATORES QUE BRILHARAM NA NOVELINHA TEEN E ESTÃO FORA DA TELINHA


Daniela Pessoa (Magali entre 1995 a 1997)
Ademir Zanyor (Israel entre 1995 e 1996)
Iris Bustamante (Fernanda e Sabrina)
Fred Mayrink (fez o Farinha, depois de participar das novelas Vamp e Despedida de Solteiro. Hoje em dia é diretor).
Pedro Vasconcelos (fez Vudu, depois de participar de varias novelas da Globo. Hoje em dia é um dos diretores de Malhação).
Carolina Abranches (Chris e Marilu)
Jonas Torres (Beto)
Karina Barum (Débora em 1997)
Thais Fersoza (Ângela e Carla)
Robson Nunes (Sávio)
Gisele Tigre (Linda)
Gisele Frade (Duda)
Eric Muller (Farofa)
Tiago Armani
Marcelo Faustini (Zeca em 1995)

ATORES CONSAGRADOS QUE PARTICIPARAM DA NOVELINHA TEEN


Foram muitos os atores da Globo, já consagrados na maioria das vezes, que fizeram participação ativa na série, chegando a durar uma temporada inteira ou até mesmo, participar também de outras temporadas.

Veja alguns dos atores consagrados que fizeram participação importante na série:

Alexandre Barilali
André Di Biase
Bia Seidl
Bianca Byington
Caludia Mauro
Camila Pitanga
Carolina Kasting
Castrinho
Cecil Thiré
Chris Couto
Cissa Guimarães
Claudia Ohana
Cristiana Oliveira
Dalton Vigh
Débora Duarte
Denise Dell Vechio
Dill Costa
Eduardo Lago
Francisco Milani
Franncisco Cuoco
Gioseppe Oristanio
Giovanna Antonelli
Guilherme Fontes
Guilherme Leme
Heloisa Mafalda
Isabel Fillardis
John Henert
Jonas Bloch
José de Abreu
Juan Alba
Kadu Moliterno
Lavinia Vlasak
Licurgo Spínola
Lília Cabral
Louise Cardoso
Lu Grimaldi
Lucélia Santos
Lucinha Lins
Maitê Proença
Marcelo Novaes
Marcos Frota
Maria Padilha
Maria Zilda
Mário Gomes
Mauricio Mattar
Nair Belo
Natalia Lage
Norma Blum
Nuno Leal Maia
Odilon Wagner
Oscar Magrini
Paulo Betti
Paulo Gorgulho
Renata Fronzi
Ricardo Petráglia
Rosamaria Murtinho
Silvia Pfeifer
Silvia Salgado
Soraya Ravenle
Sueli Franco
Tássia Camargo
Tato Gabus
Tereza Seibltz
Totia Meirelles
e muitos outros


Malhação não é só rostinho bonito e corpos esculturais na telinha da TV. A série provou que consegue formar ótimos atores, investindo em suas carreiras, com possibilidades de um futuro de muito sucesso e promissor, abrindo novas oportunidades como atuar em novelas, minisséries, series, comercias e até cinema para a maioria que inicia sua carreira na novelinha teen. Só para citar alguns dos talentos de Malhação: o ator Daniel de Oliveira que já fez outras novelas e brilhou no cinema vivendo Cazuza, pouco tempo depois de deixar Malhação. Outros exemplos de talento nato e fruto da série: Maria Flor, Priscila Fatin, Guilherme Berenguer, Erik Marmo, Sidney Sampaio, Márcio Kieling, Daniele Suzuki e muitos outros. A pouco mais de um ano, Nathalia Dill deixou Malhação para protagonizar a novela “Paraíso” de Benedito Ruy Barbosa. Menos de seis meses depois, Nathalia já atua em sua segunda novela, “Escrito nas Estrelas”, atual sucesso das seis, sendo mais uma vez a protagonista de uma novela.

Outros atores e atrizes saíram de Malhação e da Globo, por não terem seus contratos renovados, porém, foram parar na Record e alcançaram um nível privilegiado na nova emissora. Entre eles, Bruno Ferrari, Fernanda Nobre, Renata Dominguez, Mario Frias, Sérgio Hondjakoff entre outros.

Alguns desses atores, já tinham participado de novelas, mas aprimoraram a profissão de ator, através de Malhação. Foram eles: Bárbara Borges que antes fez a novela “Porto dos Milagres”, Carolina Dieckmann que já tinha atuado em “Tropicaliente”, “Pedra Sobre Pedra”, além de outras produções da TV.

OS ATORES QUE FIZERAM NOME
Aisha Jambo
Alexandre Slaviero
Ana Paula Tabalipa
André Marques
Bárbara Borges
Bianca Bin
Bianca Rinaldi
Bruno De Luca
Bruno Ferrari
Bruno Gradim
Bruno Udovic
Caio Castro
Caio Junqueira
Carolina Dieckman
Caroline Abras
Caroline Figueiredo
Cauã Reymond
Claudio Heinrich
Cleiton Moraes
Dado Dolabella
Daniel de Oliveira
Daniel Erthal
Daniele Suzuki
Érik Marmo
Fábio Azevedo
Fernanda Nobre
Fernanda Rodrigues
Fernanda Souza
Fernanda Vasconcelos
Fiorella Mattheis
Gabriel Wainer
Giovana Ewbanck
Giselle Policarpo
Guilherme Berenguer
Guilherme Winter
Humberto Carrão
Iran Malfitano
Java Mayan
Jean Fercondini
Joana Balaguer
João Velho
Jonatas Faro
Juliana Barone
Juliana Boler
Juliana Didone
Juliana Knust
Juliana Silveira
Letícia Colin
Luana Piovani
Luigi Baricelli
Luiza Curvo
Luiza Valdetaro
Márcio Kieling
Marco Antonio Gimenez
Maria Flor
Mariana Rios
Mário Frias
Max Fercondini
Miguel Thiré
Monique Alfradique
Nathalia Dill
Nívea Stelman
Paulo Nigro
Pedro Nercessian
Rafaela Mandelli
Renata Dominguez
Roger Gobeth
Romulo Arantes Neto
Sérgio Abreu
Sérgio Hondjakoff
Sidney Sampaio
Sophie Charlotte
Suzana Werner
Thayla Ayla
Thiago Lacerda
Thiago Rodrigues

3 comentários :

bia montez disse...

Muito boa a materia - Malhaçao 15 anos- embora uma injustiça foi feita, pois fui a atriz que mais tempo ficou na novela, de 2001 a 2007, e passou batido.
Abs,
Bia Montez (com Z)

Sérgio Teixeira disse...

Minha querida Bia Montez. Como esquecer da maravilhosa Dona Vilma (que pegava no pé dos alunos) kkk. Sua foto sempre esteve na parte dos que passaram mais tempo em "Malhação" e seu nome agora é o primeiro da lista. A classifiquei também como uma das personagens mais cômicas. O MUNDO NOVELAS a recebe com muito prazer, sempre!

Thami Araujo disse...

Primeira Temporada 24/04/ 1995 – 01/03/1996
Danton Mello e Juliana Martins interpretando Héricles e Isabella.

Segunda Temporada 04/03/1996 a 28/03/1997
Fernanda Rodrigues e Cláudio Heinrich interpretando o casal Luíza e Dado quem não lembra do DADO hahahha

Terceira Temporada 31/03/1997 a 02/01/1998 em 200 capítulos
Luana Piovani e Pedro Vasconcellos interpretando Patrícia e Victor

Quarta Temporada 30/03/1998 a 02/10/1998
Rodrigo Faro e Cássia Linhares interpretando Alice e Bruno

Quinta Temporada 05/10/1998 a 15/10/1999
Bom essa época é inesquecível também NE... pois está foi a vez de MOCOTÓ (André Marques)

Sexta Temporada 18/10/1999 a 07/04/2000
Priscila Fantin, Mário Frias e Samara Felippo interpretando Tati, Rodrigo e Érica (lembrando que foi a época do TOURO também)


Sétima Temporada 10/04/2000 a 04/05/2001
Fernanda Nobre, Fábio Azevedo e Ludmila Dayer interpretando Bia, Marcelo e Joana (uma época também em que conhecemos o cabeção. O perereca, a DNA Vilma o Pasqua... enfim)

SE LIGUE NAS NOVELAS

VEJA MAIS

MAIS VISTAS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...